Run, Forest! Run!

Corra.
Talvez ainda dê tempo
De não entrar comigo nessa

Corra.
Corra pra longe de mim
Corra mais rápido que eu em direção a você

Corra!
Acha que dá tempo, amor?
Sim?
Então, corra.

Corra!
Mas corra rápido
Sou veloz e determinada
Só vou parar quando não tiver mais forças
Sou resistente também
Aperte o laço e corra

Corra
Feche os olhos para não fitar o fundo dos meus e corra
Aperte os lábios para não pressionar contra os meus e corra
Dobre a língua para não sentir o gosto e a textura da minha e corra

Corra! Corra! Corra!
Mas corra forte!
Logo atrás venho eu
Esbaforida de braços abertos
Pronta pra te lascar um beijo

Corra…
Corra pra longe dos nossos sorrisos, das nossas gargalhadas
Corra pro extremo oposto da nossa alegria compartilhada
Corra sem tropeçar nos nossos sussurros
Corra sem lembrar das coisas doces que te digo
Corra sem sentir o amor que sinto

Se mesmo assim você ainda tiver forças pra correr mais forte que eu
Se mesmo assim você não der meia volta e se atirar no meu colo
Eu me rendo
Te olharei redimida
Não vou chorar
Porém, vou desconfiar
Que no mínimo você não bate bem da bola
Que tá de mal com a vida
E que a única saída é te deixar ir.

0

Comentários

  1. Cris Lustosa disse:

    ooooowwwwwnnnnnn arrepiei!!!!