DSC_0847

Carta ao Bento II

Bento, meu amado filho,

Venho por meio desta pedir algo que a princípio pode parecer muito difícil. Eu sei, é a segunda carta que mamãe escreve e, mais uma vez, é para pedir algo. A primeira foi pra você resolver nascer, a coisa estava difícil. Você não queria saber de sair de mim, precisei apelar. No momento, o pedido é outro. “Claro, neh, mãe, vou nascer de novo como?” Então, você pode notar mamãe sem paciência em alguns momentos. Noite passada soquei o travesseiro. Me senti ridícula. Depois, achei que foi exagero. Na hora, com toda sinceridade, minha vontade era socar você. O meu problema e a sua salvação é que eu te amo. Sendo assim, mesmo na madrugada, quando quero dormir, só dormir, e você não permite, continuo ao seu lado. Fico porque te amo. O problema é que se você não dorme, eu não durmo, e se eu não durmo, fico de mal com a vida, e se fico de mal com a vida, não curto você. Tá bom, ninguém me disse que seria fácil. Não foi, não está sendo, nem vai ser. Mas entende que a noite é pra dormir e o dia é pra gente brincar e ser feliz? De noite mamãe tem que descansar, pois além de você ser um bebê e isso já subentender “Gasto de Energia Nuclear Humana”, você é um bebê pesado para carambolas. Eu tenho ficado realmente e sinceramente muito mais que exausta. Ah! Esqueci. Além dos fatores anteriores, você mama muuuuito e isso também gasta energia da mamãe. Eu gosto de amamentá-lo, mas fazer isso de hora em hora durante a noite, chega a amolecer meu cérebro. “O que que é céLebro, mãe?” Cérebro é um órgão gelatinoso que fica na nossa cabeça e faz a gente pensar e nosso corpo funcionar. Não amoleeece de verdade, é só uma forma de explicar que gasta muita energia da mamãe. Aí, chega uma hora que nem cuidar direito de você eu consigo. Não consigo fazer palhaçadas, cantar música, te levar para passear. Essa coisa de não dormir me atrapalha mesmo. Se você fechar os olhos e só abrir 8 horas depois, eu continuarei ali do seu lado, não vou te abandonar. Não precisa acordar de hora em hora ou a cada duas horas para conferir que estou ali. Eu estarei. Então, como já pode imaginar, meu pedido é: durma, por favor? Assim, durma umas 8 horas seguidas. Vai ver que você mesmo se sentirá bem. Melhor disposto, pronto para engatinhar o dia todo, cantarolar, passear, ver amigos, dormir mais um pouco. E o melhor de tudo, terá uma mãe alegre e feliz a te cuidar! Promete que vai pensar no meu pedido com carinho?

beijos com amor,

da sua doce e insone mãe,

Fernanda Nunes

19