briga-heder[1]

Quando um não quer dois não brigam. Quando dois não querem então…

Cada vez mais difícil ir embora

Tive vontade de te ligar e dizer:

- Vamos brigar?

Pois, é isso que acho que tínhamos que fazer

Brigar sério

 

Sinto um enorme desejo de ter raiva de você

Elaboro frases

Mas no fim o que consigo é me calar

Não sei se isso que faço é perdoar

Pra nós perdoar não é bom

 

Você faz um monte de cagadas

E eu fico na dúvida se é por bem ou por mal

Se é por burrice ou por ingenuidade

Ou se, simplesmente, por não me amar

Como te amei

 

Insisto, vamos brigar? 

Não é pra odiar

Ódio pra mim é amor

Entre nós tudo isso envolve dor

E eu não quero mais

 

Vamos brigar a ponto de ignorar

Passar perto sem suspirar

Escorregar as mãos sem perceber

Eu percebo você

Se te ignorasse seria diferente, entende?

 

De longe sinto o cheiro

Temo onde isso vai chegar

Junta essa dificuldade em sentir raiva

Com a sua facilidade em ser doce

Ou será a sua falsidade em ser doce?

 

Pense nisso…

Brigar

É o que nos resta

Temos que sobreviver à incompetência de viver esse amor

 

 

 

5