20131021-204913.jpg

PromPeru

Não tem nada com maternidade e sim com a minha cara de pau.

Há meses, uma amiga me mandou um link de uma promoção “Pro Peru”. Posso estar inventando, não lembro do nome da promoção. Era o seguinte, você escrevia um texto curto falando sobre uma cidade específica do Peru. Pensei: “Putz”.

Pra começar, nem sei exatamente porque eu teria que ser criativa para conhecer uma cidade do Peru, já que até pra ir à Petrópolis está difícil. Valia a brincadeira. As 8 melhores respostas ganhariam um jantar num restaurante Peruano.

Não sou uma pessoa viajada, muito menos gostava de geografia. Odiaaaaava geografia! Pra que que eu ia querer saber do tipo de solo do Sul africano? F***-**!

Então, de cabeça, só sei duas cidades peruanas: Lima e Cuzco. Escolhi Cuzco. Aí, fiquei pensando, “Cuzco, ser criativa, Cuzco”. Ahá! Tive um acesso máximo de bobeira e dissertei que queria ir pra Cuzco porque me disseram que lá tinha muito cuzcus e eu amo cuzcus – mentira, nem amo cuscus.

Terminei as linhas e gargalhei. Nuuunca vou ganhar coisa alguma com essa bosta que escrevi. Dei um feedback pra minha amiga falando da minha super criatividade. Ela riu.

Passados meses, me chega um email:

“Oi Fernanda,

Obrigado por participar no concurso PROMPERU.
Ganhou um jantar para dois.
Para fazer a reserva no restaurante xxxxxxxx comunicate com Joaoxxxxxxxx.

Parabéns!”

Não creio! Minha resposta tosca me rendeu um jantar. É, rendeu.

Gargalhei mais uma vez.

Agora é ver a validade do jantar para programar um vale night sem Bento e, de preferência, com uma boa companhia!

3