Sobre o Último Dia dos Namorados

De mãe solteira para mãe solteira

Quarta, 11 de junho

No face…

– Muitas perspectivas para um dia altamente festivo?

– Ah sim. A de limpar muito catarro. Cocô mole também.

– Risos. Show de bola.

– E você?

– Limpar casa, arrumar a geladeira que a doida da mulher que veio fazer faxina quebrou, ficar em casa pensando.

– É… Tamos aê.
Parte boa: não ter que depilar.
(Que merda de parte boa)

– kkkkkkkkkkkkkkk
Nem comprar lingerie nova.

– Ah sim.
Nem ter que transar obrigatoriamente pra comemorar.

– Ver o pai da minha filha postar fotos românticas com a nova namorada é a melhor parte pra mim.
Kkkkkkkkkkkkkkkkk

– “Sabe de nada, inocente”

– kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

– Aposto que você pensa isso.

– Pior.

– Manda.

– Fico puta dele estar todo todo e eu toda toda ferrada.
Kkkkkkkkkkkkk

– kkkkkkkkkkkkkk
Mas isso é a sua fantasia baseada no que ele demonstra. Sabe lá o que realmente é.

– É, sabe lá o que passa com aquele maluco.

– Mas eu entendo.
Minha sorte é que o pai da Ana não tem facebook.
Mas tem esposa.
Olha a merda.

– rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs

– Mas sabe, parei de procurar justiça e merecimento. Eu só me fofo.
Fodo. (Corretor desgraçado)
Kkkkkkkkkkkkkkk

– Verdade. Eu também fico brava por achar injusto ele se dar bem e eu me ferrar.

– A gente acha que o nosso ato heróico, no mínimo, vai fazer a gente se dar bem. Talvez demore…

– Putz… Acho que seria justo toda mãe solteira transar no dia dos namorados, pronto.

– Também acho.

– Tipo Deus mandar um gato lindo e uma babá, claro.

– Acho justo a gente encontrar um cara foda já de cara para virar um bom padrasto. Que faz a criança dormir e depois vem transar. Kkkkkkkkkkkkkkkk

– kkkkkkkkkkkkk Ai que sonho, meu Deus…

– Enquanto você se descabela, ele diz: “Como você me dá tesão xingando desse jeito! Fica tranquila, amor, vou dar a janta, o banho, colocarei para dormir e enquanto isso você se arruma para o nosso jantarzinho na cama com filme.

– kkkkkkkkkkkkkkkkk Tô morrendo de rir sozinha aqui.

– Eu também.
Ah! E diz: “Comprei comida, o vinho, a lingerie e o óleo para fazer massagem tântrica em você.” Justo.

– Aí a gente acorda com os berros dos nossos filhos. Era um sonho.

– Olha, se houvesse justiça nesse mundo, a gente estaria rica, bem comida e com os nossos filhos lindos e radiantes.

– Cara, é muito punk, tá doido!

– Muito.

– Bom, vou dormir.

– Eu também. Amanhã tem muito catarro pra limpar. Feliz dia dos namorados pra você…

– Pra você também. Beijos.

– Beijo.

Vamos, que no final do arco-íris há um pote de muito amor, carinho, sexo e Carlos.

18