Mãe, você é machista

- Mãe, o pai do Bento chega semana que vem, vou aproveitar pra fazer isso, aquilo e aquilo outro.
- Fernanda, o cara vem trabalhar e você vai explorar ele?

- Cê tá brincando, né? Diz que tá brincando.
- É sério. Coitado.
- Eu trabalho e cuido do Bento to-do san-to dia inclusive sá-ba-do e do-min-go… – silêncio – e digo mais, ele vai fazer 3 dias o que faço 27. Não saio, não bebo, não assisto uma porcaria de filme e você tá com peninha do pai. Pena de mim ninguém quer ter, né?
- Deixa de drama, Fernanda!
- Mãe, eu te amo, mas você é machista.

Ao educar um filho homem, reflita sobre os seus conceitos. Homem não é herói se sabe trocar uma fralda, nem está te fazendo um favor se segura a criança para você tomar um banho. Ele é pai – o que acho grande feito na vida. Crianças foram feitas para serem cuidadas e educadas por um coletivo e os homens fazem parte desse coletivo. Ainda acrescento que o cuidar nos traz uma recompensa enorme, por que os homens não se beneficiariam também dessa troca? Vamos permitir mais e tirar da cabeça um heroísmo que não existe.

Ass: uma mãe solteira heroína

34