Todos os posts em Qualquer coisa

Crianças: Nada se Perde, Tudo se Transforma

Eu rio. Melhor, eu rio muito. Não, não, eu gargalho. Gargalho alto. Mais que isso, gargalho alto me jogando no chão e batendo as perninhas no ar. Não, não! Eu gargalho alto me jogando no chão, batendo as perninhas no ar e mijo nas calças quando uma mãe acredita que vai conseguir trabalhar sozinha com um bebê. Continue lendo.

Morde-memórias

Bento tem uma fã no Ateliê (atualmente está fazendo as atividades integradas lá toda segunda, quarta e sexta). Eu sei que ele é a coisa mais linda – e levada – desse mundo e, que uma hora ou outra, mais gente tiraria casquinha. Vá lá, 15kg… Tem pra todo mundo.

Continue lendo.

Quem tá vivo sempre aparece

Hãm Hãm… 1, 2, 3 testando…

Alguma hora eu teria que tomar a coragem e ter a cara lavada de aparecer aqui. Nem que fosse pra dar um mísero Feliz 2014. Continue lendo.

Eu e eu mesma – sem Irene

Eu a-do-ro ficar sozinha.

Continue lendo.

Na matilha

Curso DOC em foco

Cineastas consagrados e internacionais participam de ciclo de documentários no Rio

Continue lendo.

Show de True mom

Aquele dia em que o seu vizinho cruza com você e diz:

– O bebê estava chorando bastante hoje, né? Que foi? Tá doentinho?

Continue lendo.

Cenas: como se sente uma mulher

Essa semana, circulou um texto maravilhoso chamado “Como se sente uma mulher“.

Continue lendo.

Almoço de Dia das Mães

Almoço de Dia das Mães… Continue lendo.

Fernanda corre com os lobos, mas a fralda troca sozinha.

eu mesma

E ainda não inventaram vacina infantil sabor chocolate...

Ass: mãe indignada

O Ministério da Saúde adverte: a Lagoa Rodrigo de Freitas vicia. Use sem moderação.

Aniversário da minha avó

Dia 1/04, dia da mentira e aniversário da vovó Ritinha. Ela que sempre dizia que nasceu no dia da mentira, mas

Continue lendo.

Ansiedade de Iniciante

Meu pai sempre me disse “Fernanda, você é muito ansiosa.” Continue lendo.